Uncharted 3

Nathan, em um quase-facepalm, pergunta o que fizeram de sua voz

Fico muito feliz ao saber que as produtoras de games têm se esforçado para oferecer seus jogos em português do Brasil. Do ano passado pra este, tivemos títulos como StarCraft II: Wings of Liberty, Mortal Kombat, Killzone 2 e inFamous 2 totalmente adaptados ao nosso idioma. Sem contar outros anúncios para o futuro, como o de World of Warcraft e suas expansões e a Nintendo à procura de profissionais de localização (o sistema do 3DS já inclui o nosso português…). Isto é, nada de expressões dos nossos irmãos d’além-mar.

O mais recente anúncio de jogo a receber tal tratamento foi Uncharted 3: Drake’s Deception, da série de ação para o PlayStation 3. O trailer apresentado no blog oficial do PlayStation no Brasil dividiu opiniões: houve quem achasse a voz desanimada e inadequada aos personagens, quem reclamasse da mixagem do áudio, e até mesmo quem não ligasse muito. Eis que a Laura, do Pink Vader, publicou um vídeo que foi dispensado pela Naughty Dog, e a impressão geral foi de um trabalho mais convincente do que o tal “estúdio de Miami” que dubla filmes da TNT e outras paradas menos amigáveis.

Caso você ainda não tenha visto os vídeos, veja-os abaixo (e saiba como reclamar sobre isto):

Estúdio aprovado pela Naughty Dog:

Estúdio rejeitado pela Naughty Dog:

Obviamente, os fãs daqui estão com a macaca e resolveram levar a guerra às portas da Naughty Dog – no caso, o fórum oficial. O assunto já foi reconhecido pelo Arne Meyers, responsável pela comunidade e mídias sociais, que prometeu dar seus telefonemas para ver qual é a da situação. No momento deste post, já eram mais de 30 páginas de comentários revoltados com a decisão da produtora. Se você quiser fazer sua voz ser ouvida (de preferência, de forma inteligente e polida), vá lá e una-se a esta loucura.

Agora… é engraçado imaginar o que teria acontecido se este vídeo de teste da Zeger Studio não tivesse pipocado na internet. Por mais que houvesse reclamações e críticas nos blogs e afins, será que o povo realmente teria subido nas tamancas ao ponto de fazer esta invasão bem-intencionada no fórum da Naughty Dog? Tenho a seguinte impressão: a galera daqui funciona no tranco. Tem que empurrar pra pegar.

Quer outro exemplo? Depois que o pessoal da Acigames comentou a possibilidade da dublagem brasileira de Saint Seiya Senki (novo jogo da série Cavaleiros do Zodíaco produzido pela Namco-Bandai) “se houver manifestação de interesse o suficiente”, pintou até abaixo-assinado criado pelos fãs. Que diabos: até eu, que nunca curti Saint Seiya, assinei a parada. Até agora, já foram pouco mais de 4400 assinaturas.

Sim, sempre vai ter quem diga que “abaixo-assinado nunca funciona” e o típico mimimi. Acredite: não tentar funciona menos ainda.

[Atualização, 18h27] Sabia que tinha esquecido de citar uma possibilidade comentada por uma repórter amiga minha que mora nos EUA, mas vamos lá: será que também pode ser um pepino contratual envolvendo o tal estúdio de Miami? Por mais que a decisão do estúdio tenha sido da Naughty Dog, a distribuidora é a Sony; vai que o estúdio tem um contrato fechado de tantos produtos?