Posts marcados com Coluna

Relembrando a Game Developers Conference 2011

0
"Todos a bordo do bonde do zeitgeist gamer"

"Todos a bordo do bonde do zeitgeist gamer"

Ah, a GDC*… Outro dia eu estava lembrando de como foi bacana cobrir a Game Developers Conference em San Francisco para o Arena Turbo este ano, e como esses eventos são incríveis – tanto pelo tamanho quanto pelo imprevisto. É aquilo: você pode até traçar um mapa de tudo que gostaria de fazer, seguir as sugestões do editor, mas sempre é o caso de esperar o inesperado. Você vê uma palestra, netbook no colo, e quando ela mal acabou você já está correndo para outra sala – talvez mesmo em outro prédio – para a próxima.

É uma tipo único de experiência que eu parei para relembrar após o post anterior… e mesmo porque a correria foi tanta que, sinceramente, nem consegui comentar direito essa cobertura aqui no blog!

(more…)

Run Jesus Run: Milagres em tempo recorde

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Run Jesus Run

É, pessoal… a Semana Santa está chegando, e dentre outras coisas isto significa que teremos uma semaninha mais curta que o usual. E isto também quer dizer que é bom deixar algumas coisas já agilizadas, sem perder tempo. E aproveitando o ensejo, a dica de hoje é o minijogo Run Jesus Run!

Brincadeiras à parte, este foi um dos jogos cadastrados no concurso Experimental Gameplay Project deste ano, e o tema era “faça um jogo de dez segundos”. E não deu outra: o criador resolveu fazer um jogo compacto sobre as passagens de Jesus na Bíblia… tem até a referência a cada um no topo da tela.

por Pedro Giglio
– todos já sabem o final do jogo

Upgrade Complete: Hora da melhoria

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Upgrade Complete!

De tempos em tempos, os fãs de jogos de computador precisam desembolsar aquela grana para deixar seu micro mais potente, e assim rodar os novos títulos do mercado. É placa de vídeo, processador, mais memória… em compensação, que beleza quando isto acontece. Aquele joguinho que rodava mal pacas agora está bonito, agradável aos olhos, e rodando sem engasgos. E quanto aos jogos em Flash? Bem… não é a mesma coisa, mas Upgrade Complete! brinca com isso.

Neste jogo de nave, o jogador precisa usar o dinheiro virtual para comprar… bem, tudo: tela de abertura, barra de carregamento, tela de fundo. Você começa com o mais básico do básico e vai comprando os elementos do jogo com a grana – sem contar, é claro, as melhorias na sua nave. Pronto para abrir a carteira?

por Pedro Giglio
– impulso consumista ou necessidade? Você decide

Los 33: mineiros do Chile, agora em Flash

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Los 33

Na semana passada, o mundo se emocionou com o resgate dos 33 mineiros soterrados em Copiapó, Chile. O arrojado esquema de perfuração de um túnel atravessado para o transporte de uma cápsula que ia e voltava da superfície à mina inacessível impressionou… e é claro que alguém tinha que fazer um joguinho em Flash baseado no drama, não é? O pessoal não perde tempo…

Em Los 33, basta manter o botão do mouse pressionado e mexer cima da roda na tela e girá-la para descer a cápsula e clicar tanto na hora de embarcar quanto desembarcar cada um dos trinta e três mineiros. E ainda por cima, o nome, profissão e idade de cada um deles é mostrado na tela, assim como a ordem de resgate.

por Pedro Giglio
– esses caras, sim, eram underground

Treadmillasaurus Rex: Dinossauros em forma

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Treadmillasaurus Rex

O sedentarismo é um problema sério nos dias de hoje. Há toda uma preocupação com a saúde, evitar o acúmulo de peso e outras preocupações que derivam disso. Um dos exercícios mais simples que se pode fazer é a caminhada, e as esteiras em academias (e no conforto do lar) parecem uma alternativa segura para os dias de chuva ou a violência na cidade. Exceto, é claro, quando você é um dinossauro da espécie Treadmillasaurus Rex.

Na dica desta semana, o jogador tem como objetivo controlar o pobre dinossauro em uma esteira repleta de perigos – como duas paredes de laser e bolas espinhentas – e como se isto não fosse o suficiente, ainda tem uma roleta como as de programa de auditório ao fundo da tela… repleta de modificadores para a rodada de exercícios, indo de coisas inofensivas como chuva de confete a mortais como lasers mais próximos, vento forte, esteira mais rápida, e por aí vai.

por Pedro Giglio
– provavelmente a extinção foi mais negócio pra eles

Money Thief: Pega ladrão!!

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Money Thief

Há um ditado bem antigo que diz: “feio é roubar e não poder carregar”. Como se roubar não fosse feio o suficiente, não é? Mas pelo menos dentro do mundo dos games, acho que não há mal algum em fazê-lo…. principalmente em se tratando de Money Thief.

A malandragem do jogo é a seguinte: embolse a grana dos outros personagens ao passar por eles e pressionar X. Claro que eles não vão curtir nem um pouco, aí das duas uma: ou você simplesmente foge deles, ou acha uma lata de lixo para se esconder e vestir seu disfarce. Roubar outros desfaz o disfarce, então olho vivo, seu larápio!

por Pedro Giglio
– não sobra um, meu irmão

Tower of Heaven: Seguindo a lei torre acima

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Tower of Heaven

Tem muito fã de videogame da velha guarda que gosta de matar as saudades dos clássicos, seja por sua estética mais simples e charmosa, ou mesmo a dificuldade elevada que certos títulos ofereciam. Felizmente, há uma galera por aí que compartilha deste gosto e cria jogos assim. A dica da vez parece algo saído da era do Game Boy original (aquele da tela esverdeada!): Tower of Heaven.

A premissa é simples: passe de cada nível da torre dentro do tempo limite… mas não contente em ter os obstáculos, vez por outra um livro das leis – sempre cumulativas, como “não tocarás nos blocos dourados” a risco de vida – aparece para complicar sua vida. E aí, você tem disposição de escalar esta torre?

por Pedro Giglio
– se pelo menos fosse uma escada…

Galaxy Jumper: saltando galáxia afora

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Galaxy Jumper

Explorar o espaço sideral é um sonho para muitos, e poucos puderam realizar este feito. Mas já que nem todo mundo tem como se tornar um astronauta, resta ao cinema, quadrinhos e afins tentar trazer esta experiência para os residentes do nosso planeta azul. Claro que os videogames não podiam ficar de fora, né? Então conheça Galaxy Jumper, a dica desta semana!

O nome é bem sugestivo e dá seu recado com facilidade: você explora os planetas, mas pulando entre os planetas, sois e buracos negros. O jogo começa fácil, bastando mirar com o mouse e clicar para fazer seu herói pular de um lugar para o outro em linha reta. O desafio mesmo é pegar todas as moedinhas para continuar destrancando as fases seguintes… isto e os inimigos que aparecem e outros perigos que a galáxia reserva, claro.

por Pedro Giglio
– não tem medo de alienígenas

Robot Unicorn Attack: Unicórios, arco-íris e sonhos

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Robot Unicorn Attack

Bom ver vocês de novo, galera! Após um longo e nada tenebroso inverno, estou de volta com as dicas de games na web no blog Kenner. E é até engraçado voltar com uma dica de um jogo que não é bem novo… mas na verdade, isso só mostra como ele é maneiro e precisa ser divulgado para a galera. Estou falando do clássico Robot Unicorn Attack, da Adult Swim.

Aí voce vê um pouco do jogo e pensa: “Unicórnios cromados com crina de arco-íris? E que precisam pegar fadinhas enquanto quebram estrelas com uma corridinha – e ainda por cima, deixando um rastro de sete cores no caminho? O que é isso, um fichário de uma colegial nos anos 80?”. É, é mais ou menos por aí.

O problema é que o jogo é incrivelmente viciante, e é daqueles fáceis de aprender: só tem botão de pulo e corrida, o resto é automático. Então se deixe levar pela infame trilha sonora – convenhamos, “Always” do Erasure só soma ao clima surreal da parada – e siga seus sonhos…

por Pedro Giglio
– … você VAI falhar!

Obsessive Compulse Tournament: Prato cheio para o seu analista

0
[post originalmente publicado no Kenner Blog]

Obsessive Compulse Tournament

O que não falta neste mundo é gente com pequenas manias. Algumas destas são mais simples e fáceis de lidar; outras rendem casos mais sérios, como o TOC (transtorno obsessivo compulsivo) que informalmente já virou sinônimo deste tipo de atitude…

Trocadilhos à parte com o nome deste mal em inglês, Obsessive Compulse Tournament é um jogo que é perfeito para aqueles com predisposição de mania de controle, ajustar tudo nos mínimos detalhes – ironicamente, um mínimo para passar as fases deste quebra-cabeças opressor.

por Pedro Giglio
– adora assoalhos quadriculados, pisando na mesma cor sempre

Ir para o topo