Posts marcados com Disney

Detona Ralph: finalmente, o primeiro trailer!

0

Atenção para a plaquinha à direita… :\ Ei, olha a Chun-li!

Há um tempinho, publiquei por aqui as primeiras artes conceituais de Detona Ralph (Wreck-It Ralph), próximo longa de animação da Disney inspirado no mundo dos videogames. A curiosidade era enorme – e finalmente temos o primeiro trailer do filme. No vídeo, temos convidados de peso deste universo em várias eras – de Q*Bert, Clyde e Dr. Robonik a Zangief, M. Bison e Kano – além dos mundos inspirados que o ex-vilão Ralph visita.

http://www.youtube.com/watch?v=1OGkov7sj64

E como se isso não bastasse, ainda tem o joguinho do Fix-It Felix Jr. no site oficial do filme. Chega logo, novembro!

Wreck-It Ralph: Disney prepara homenagem aos videogames

0

Quem sabe um dia, Ralph...

No ano passado, vi o primeiro poster do filme Wreck-It Ralph, e agora pintaram as três primeiras artes conceituais de Detona Ralph (é, é esse o nome do filme no Brasil). “E o que isso tem a ver com videogames?”, você pergunta – e eu respondo: tudo.

No filme, Ralph é o vilão de um jogo das antigas (*cof* Donkey Kong *cof*) que quer se tornar um herói, mas pra isso precisa roubar os holofotes do herói Fix-It Felix (*cof* Mario *cof*). Ele visita outros jogos como Hero’s Duty (*cof* Halo *cof*) e Sugar Rush (*cof* Mario Kart *cof*) para tentar seu lugar ao sol.

O filme terá participações especiais de personagens de outros jogos, como Kano (Mortal Kombat) e um fantasma de Pac-Man. Aposto que as pontinhas não devem parar por aí… Agora vou buscar um xarope, que essa tosse tá sinistra. O filme sai no Brasil em 4 de janeiro de 2013; eis aí as primeiras ilustrações.

Tron Evolution: Tudo azul no mundo irreal

0

Assim como na época do filme Tron original, o novíssimo Tron: O Legado trouxe um jogo a reboque. Felizmente, desde 1982 a maioria das produtoras de games percebeu que é mais interessante mostrar outra trama relacionada ao longa do que nos fazer jogar tudo o que já foi visto na telona. Tron: Evolution segue esta linha, mostrando eventos que precedem o filme e que são citados nele, como a presença dos misteriosos seres digitais autônomos, os ISOs.

A edição número 53 da Rolling Stone Brasil tem minha análise da versão PC de Tron: Evolution na íntegra. Veja na imagem acima, compre a revista ou pegue emprestado com um amigo! 😉

[leia a versão digital no site da Rolling Stone Brasil]

Epic Mickey: I know, it’s only Mickey Mouse (but I like it)

0

Epic Mickey @ Rolling Stone Brasil - Jan 2011

Transformando-se de um arruaceiro para um almofadinha, não surpreende que o interesse do grande público tenha perdido força com o passar dos anos, tanto o adulto quanto o infanto-juvenil. Resta saber quem na Disney teve o lampejo de gênio de comprar o estúdio Junction Point – chefiado por Warren Spector, criador do game Deus Ex – e delegar a ele a produção de Epic Mickey. Spector é apaixonado pela obra de Walt Disney, e dá para notar isso pela quantidade de referências e homenagens.

Além de trazer uma entrevista inédita com John Lennon (realizada três dias antes de seu assassinato), a edição de janeiro da revista Rolling Stone tem minha crítica de Epic Mickey – é, aquele jogo do Wii sobre o qual escrevi antes.

Quer lê-la completa? Leia nas bancas, peça emprestado a um amigo, o que for melhor pra você 🙂

[leia a versão digital no site da Rolling Stone Brasil]

Warren Spector reinventa o camundongo

1

Epic Mickey @ O Globo

– O que os jogadores que não são necessariamente grandes fãs do Mickey podem esperar é o tipo de experiência baseada em escolhas que todos os meus jogos tiveram até hoje – diz Spector em entrevista ao GLOBO. – Do ponto de vista da jogabilidade, você pode até não ver os mesmos tipos de consequências vistas em “Deus Ex” e “Ultima”, mas eu certamente não abandonei essas raízes.

Epic Mickey, aventura exclusiva da Disney para o Wii, chega às lojas hoje (inclusive no Brasil!). Há algum tempo, tive a oportunidade de bater um papo com Warren Spector, criador do game e do épico Deus Ex

… e eis aí a matéria minha que faltava sair na edição de hoje d’O Globo, na Digital & Mídia. A íntegra da versão online você lê neste link.

Ir para o topo