Posts marcados com Grand Theft Auto

Crowdfunding: poder aos jogadores e aos criadores

0

Cada um destes quer um jogo que as distribuidoras não lançam

Há três dias, a galera do estúdio Double Fine preparou uma boa maneira de comemorar a campanha de sucesso lançada por eles no Kickstarter: uma transmissão em vídeo ao vivo. Na reta final do prazo estipulado, Tim Schafer, Ron Gilbert e grande elenco festejaram, responderam perguntas que os espectadores enviavam, apresentavam mais funcionários da equipe… além de brincadeiras e zoações, como botarem os sapatos na cabeça e usar uma fantasia de cachorro-quente.

Eles tinham motivo de sobra para tanta felicidade. O objetivo original de US$ 400 mil – US$ 300 mil para criar um adventure no estilo clássico, US$ 100 mil para a produção de um documentário sobre a realização do mesmo – não só foi alcançado rapidamente, como também foi o primeiro projeto do Kickstarter a ultrapassar a casa do US$ 1 milhão. O total arrecadado foi de US$ 3.336.371, e isso sem contar mais US$ 110.000 por fora, incluindo colaboradores como a Days of Wonder (do jogo de tabuleiro Ticket to Ride), Rhianna Pratchett (filha do seu Terry e autora / roteirista de jogos como Mirror’s Edge) e Alex Rigopulos, da Harmonix.

(more…)

Quem diria: Liberty City me fazendo pensar na vida!

0

Grand Theft Auto IV de helicóptero

[Post originalmente publicado no Working Class Anti-Hero]

Sim, eu tenho noção de que minha querida meia dúzia de leitores já deve estar ficando legal dos meus papos sobre videogame — ainda mais agora, que mal tenho tipo livre de ver filmes, seriados, etc… e quando estou em casa, a boa costuma ser jogar mesmo. Tenho andado ocupado com algumas tarefas de grande importância, mas isso fica para outra ocasião…

Estou aproveitando o mês grátis de Xbox Live que veio junto com meu Grand Theft Auto IV, e tem sido bem legal jogar certos jogos online, seja com amigos ou completos desconhecidos no Xbox 360. O negócio é que neste sábado que passou, tive mais um daqueles momentos de choque ao jogar com meus amigos. E tudo começou em Liberty City…

Um grande amigo meu, atualmente residente na Inglaterra, apareceu online e abriu uma sessão privada sem objetivos do GTAIV e me chamou — que bom que finalmente botaram multiplayer de forma oficial no jogo, né? Enfim, nos encontramos e fomos dar uma volta de helicóptero pela cidade… papo vai, papo vem, e outro amigo nosso em comum — também brasileiro, mas morador da Flórida — pipoca online, e o convidamos. pra mesma sessão. Ele entra e pergunta onde estávamos, e respondemos: “maluco, espera aí onde você está, que nós vamos te buscar em grande estilo”.

Descemos o helicóptero, assumi o comando do bicho e fomos os três para nosso tour aéreo de LC. Como eu ainda não cheguei na parte do jogo solo onde se usa o helicóptero — ou não explorei a cidade o suficiente para tal — digamos que o vôo foi repleto de emoções fortíssimas. “CUIDADO COM A CAIXA D’ÁGUA!”, “LEVANTA! LEVANTA!”, e aí por diante 😛 Mas o momento de estarrecimento total veio na hora em que ouvi uma frase no headset:

“Maluco… estou voando de helicóptero sobre uma Nova Iorque de mentira com meus dois amigos!”

É nessas horas que eu paro e penso em como, ao mesmo tempo, o mundo se tornou maior e menor. Afinal de contas, eram três amigos cariocas em fusos, países, hemisférios diferentes…. sobrevoando uma metrópole virtual e sem fronteiras, conversando como se estivessem todos por perto. Tudo bem que ambientes virtuais estão longe pacas de ser uma novidade — afinal de contas, temos aí o Second Life como um bom exemplo disso — mas foi tão potente ter essa sacação em uma recriação, obviamente com licenças poéticas, de uma cidade real…

… enquanto isso, em 1985, chibi-Giglio ouviria este relato feito por mim — saído da máquina do tempo — e provavelmente responderia algo nos moldes de “é ródi, hein? Isso só em filme ou na Sessão Aventura”, e ele voltaria a ver o VHS dos Caça-Fantasmas comendo Zambinos.

Ir para o topo